sábado, 29 de maio de 2010

Cartas filosóficas – François-Marie Arouet (Voltaire)

Voltaire utiliza temas como religião, teatro, medicina, política e ciência para demonstrar a inter-relação entre a linguagem e o procedimento. A abordagem, crítica, aguça a reflexão do leitor. Faz um comparativo entre o comportamento dos ingleses e franceses, assinala as diferenças entre os dois povos e ressalta o quanto a conduta interfere na vida, no bem-estar e no futuro das nações.

Os diálogos, referidos em suas cartas, incitam debates sobre temas que muitas vezes passam despercebidos, a exemplo da conversa com adeptos da seita quacres (tremedores), ao se referir à ausência de padres em seus templos: “Por que entregaríamos nossos filhos a amas mercenárias, quando temos leite para lhe dar?”

Sobre vacinas, cujo processo era bem diferente do atual, o autor cita: “Dizem a meia voz na Europa cristã que os ingleses são loucos e temerários: loucos porque dão a varíola a seus filhos para impedi-los de tê-la; temerários, porque transmitem de coração leve a essas crianças uma doença certa e terrível, visando prevenir um mal incerto.”

Ao escrever sobre os acadêmicos, Voltaire diz: “A necessidade de falar, o inconveniente de não ter nada a dizer e a vontade de ter espírito são três coisas capazes de tornar ridículo mesmo o maior homem.”

As Cartas Filosóficas formam uma espécie de síntese do moderno liberalismo, antevendo conceitos, atualmente aceitos, focados em personagens, responsáveis por idéias que provocaram mudanças sociais. Shakespeare, Newton, Locke, e Swift, são citados como alguns dos causadores das variações históricos.  Voltaire abre uma perspectiva crítica, a partir da qual o leitor se deleita, de forma descomprometida, e tem à sua frente o mundo com o retrato aos seus questionamentos.

Informações sobre o autor - François-Marie Arouet (Voltaire) nasceu na França em 1694 e ficou conhecido pelo pseudônimo de Voltaire. Filósofo iluminista é conhecido pela acuidade na defesa das liberdades civis e religiosas. Escreveu nas mais várias formas literárias. Sua obra influenciou importantes decisões políticas a exemplo da Revolução Francesa. 

Referência bibliográfica
Voltaire, 1694-1778
Cartas filosóficas / Voltaire; tradução de Márcia Valéria Martinez Aguiar; revisão da tradução Andréa Stahel M.da Silva.- São Paulo: Martins Fontes, 2007, (Voltaire vive)
176p.
Título original: Lettres philosophiques
ISBN 978-85-336-2349-1
1. Filosofia francesa 2. Voltaire, 1694-1778 I.Título II. Série.

R

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Ocorreu um erro neste gadget